A Simplicidade De um Rei

Escola fechou noite na Sapucaí com o enredo "A simplicidade de um rei".
Desfile contagiou "súditos" do rei, que levaram flores e cantaram samba.

Última escola de samba a se apresentar nesta terça-feira (8), a Beija-Flor de Nilópolis conseguiu levantar a Marquês de Sapucaí ao unir romantismo e samba na homenagem ao Rei Roberto Carlos. O desfile que contou a trajetória do cantor começou às 5h16 e encerrou às 6h32, após uma hora e 17 minutos.

Com estrelas da Jovem Guarda e personalidades do mundo artístico, a Beija-Flor realizou um verdadeiro passeio pela vida e obra de Roberto Carlos.

A escola entrou na avenida com uma plateia de fãs do cantor já empolgados.  Eles acompanharam deslumbrados o desenvolvimento do enredo "Roberto Carlos: A simplicidade de um rei", que levou calhambeques, lambretas e outras imagens que resumiam a carreira do cantor. O ponto alto do desfile foi a alegoria que encerrava a apresentação. Nela, a escola exaltou a religiosidade do cantor, com imagens sacras e mensagens de fé e paz.

 



A passagem do cantor Roberto Carlos pela Marquês de Sapucaí durou bem mais do que os cerca de 80 minutos de desfile. Ele chegou ao sambódromo por volta da meia-noite e foi para um camarim, próximo à dispersão. De lá, por volta das 3h, ele foi levado para um motorhome na concentração, onde foi montado um camarim. Lá, ele trocou de roupa, foi maquiado e tirou até um cochilo antes de entrar na Avenida.

“É uma emoção infinita”, resumiu ele sobre ser homenageado pela azul e branca de Nilópolis. Ovacionado quando apareceu em público, ele vestia uma calça branca e blusa azul assinados pelo estilista Ricardo Almeida.

O desfile contou com destaques como Claudia Raia na comissão de frente, Erasmo Carlos e Wanderléa na alegoria em homenagem à Jovem Guarda. Alcione, Fafá de Belém, Fernanda Abreu, Zico, Agnaldo Timóteo e Agunaldo Rayol também marcaram presença na festa.

Fonte: Site G1

O Rei No Carnaval 2011

O cantor Roberto Carlos acompanha os desfiles na Sapucaí (06/03/2011).

Diz que está nervoso com a proximidade do desfile da Beija-Flor, em sua homenagem, mas não para de brincar e rir no seu camarote. Dody Sirena, seu empresário, é a maior “vítima”. “Ele está começando a cantar e eu estou começando a contar. Dinheiro”, ri.

“Cantar é fácil. Subir num carro alegórico é que é difícil”, observa, ao atender três repórteres apenas. Pergunto se vai cruzar a avenida com mais alguém no carro. “Sozinho”, ele responde. “E com Jesus”, sopra um colega ao meu lado. “Isso. Coloca assim: eu e Jesus”. E ri. E passa mão no meu rosto, achando graça.

Fonte: Site Uol (MAURICIO STYCER)

Os 70 Anos do Rei

A revista BIZZ vai lançar uma edição especial em homenagem aos 70 anos do Rei, completados no próximo dia 19 de abril.

A publicação chegará às bancas em 3 de março e vai contar a trajetória completa do ídolo, desde seu nascimento.

Cada capítulo vai cobrir uma década da vida de Roberto Carlos, tudo recheado por fotos raras e depoimentos exclusivos. Um material riquíssimo para ler e guardar.

Os Negócios do Rei

A Revista Isto é Dinheiro, traz na capa de sua edição numero 699 o título "Os Negócios do Rei", em matéria de Eliane Sobral, e conta que em 15 anos, o cantor construiu um império de negócios diversificados e associou sua marca a cruzeiros marítimos, condomínios residenciais e comerciais, panetones, touros, vacas e cartões de crédito.

E mais, a incursão de Roberto Carlos pelo ramo imobiliário é apenas a parte mais visível do artista no papel de empreendedor. Nos últimos anos o Rei construiu um império empresarial, com negócios nos setores financeiro, agrícola e de turismo, além do imobiliário, que devem movimentar cerca de R$ 350 milhões só em 2011.

 

Do vasto repertório musical do cantor, o hit que promete ressuscitar nos próximos dias é a antiga Eu quero apenas (eu quero ter um milhão de amigos e bem mais forte poder cantar), que gravou em 1974.
 
Esse será o tema da campanha que anuncia a entrada do rei no setor financeiro. Em parceria com a Credicard, ele lançará, no dia 19 de abril, quando  completa 70 anos de idade, o cartão Roberto Carlos. Segundo Leonel Andrade, presidente da Credicard, a expectativa é comercializar 250 mil cartões no primeiro ano do produto. 
 
“Mas a meta é chegar a um milhão de clientes em cinco anos”, afirma Andrade. Sinal de que a classe média emergente está no radar do cantor e empresário. Além de crédito, o cartão de Roberto Carlos terá também a opção de cartão pré-pago.

“Vamos investir R$ 1 bilhão em cinco anos nos empreendimentos imobiliários e espalharemos os condomínios por todo o Brasil”, diz Dody Sirena, empresário e um dos sócios do Rei . Outra de suas ideias é explorar a “marca” Roberto Carlos na área de alimentos e bebidas. 
 
“Sucos com valor agregado, batizados com nomes de músicas, serão os primeiros”, diz Sirena. Segundo ele, a Nestlé ou sua controlada Garoto são candidatas naturais a fabricantes dos produtos alimentícios Roberto Carlos.
 
Atualmente, o cantor é patrocinado pela subsidiária da empresa suíça, que lhe paga cerca de R$ 12 milhões por ano, de acordo com estimativas do mercado.

Fonte: Isto é Dinheiro
Roberto Carlos Abre o Festival de Viña del Mar no Chile


O Rei Roberto Carlos abriu na noite desta segunda-feira a 52ª edição do Festival Internacional de Viña del Mar, com um show marcado por grandes sucessos.

Vestido de branco, Roberto Carlos iniciou sua apresentação com 'Emoções', e foi acompanhado por cerca de 15 mil pessoas, que lotaram o anfiteatro de Quinta Vergara, local do festival.

O rei, que voltou ao Festival de Viña del Mar após 22 anos, destacou o prazer de rever o público chileno após tanto tempo: "obrigado pela emoção que estou sentindo".




Na sequência, Roberto Carlos cantou 'Que será de ti' e 'Detalles', para delírio dos românticos locais.

Após mais de 90 minutos de show, o rei recebeu duas tochas, uma de ouro e outra de prata, e uma 'Gaivota de Prata', os máximos prêmios concedidos pelo público no Festival de Viña del Mar.

Fonte: Site Uol

Roberto Carlos 70 Anos

selo Roberto Carlos 70 anos
O Ano acaba de começar e Roberto Carlos vem a 300 km por hora trazendo emoções e muitos projetos para 2011. A grande expectativa é pelo CD de inéditas, adiado nos ultimos anos devido à agenda apertada do nosso cantor. Outras emoções já estão garantidas, como a homenagem da Escola de samba Beija-flor no carnaval cairoca deste ano com o tema "A Simpliciade de um Rei", com presença confirmada de Roberto Carlos no carro que fecha o desfile da escola. Há também o Show RC Rock Symphony que também foi adiado para 2011.  Outro grande momento do nosso artista é o
show que abre as comemorações em Viña del Mar no dia 21 de fevereiro e será transmitido para todo o Chile pela emissora Chilevision. O cruzeiro Emoções em Alto Mar, o Cartão Credicard Emoções previsto para ser lançado em abril, e outras novidades, iremos divulgar aqui em nosso site durante este ano que promete ser de muitas emoções para todos os fãs do Rei Roberto Carlos. Para iniciarmos nossas comemorações pelos 70 anos do Rei Roberto Carlos, lançamos o nosso selo comemorativo para este momento tão especial da vida do maior ídolo da música brasileira.

RC Especial 2009


Em uma apresentação de 2 horas, com um jogo de luzes coreografado e as imagens virtuais que apareciam no telão, o show tornou-se ainda mais envolvente, principalmente quando Roberto recebeu os convidados especiais que tiveram a oportunidade de dividir o palco com ele. A primeira foi Ana Carolina, que cantou Encostar na Rua e Como Vai Você?. Daniel foi o segundo a ocupar o palco, ao lado do rei. Ele cantou, primeiramente sozinho, a música Estou Apaixonado; depois, Falar com Deus, acompanhado por Roberto.



O grande momento, porém, foi a entrada de Dira Paes, que fez sua estreia como cantora em grande estilo. Ela cantou a música “Cama e Mesa” ao lado de Roberto Carlos. “Se Dona Norminha fosse pedir uma música seria “Cama e Mesa’”, disse a atriz. No final da canção, nos versos que falam “o que come, o que bebe, o que dá e recebe”, Dira apareceu com um copo cheio de leite, em referência ao “leitinho do Abel”, de “Caminho das Índias”, e ofereceu a Roberto Carlos usando o bordão de Norminha: “beba, beba, beba”. A plateia, é claro, caiu na gargalhada.

Logo depois, o grupo Calcinha Preta invadiu o palco com a canção Você Não Vale Nada, Mas Eu Gosto de Você, tema de Norminha na trama. Em seguida, cantaram a música Eu Amo Demais, na companhia de Roberto.


O Rei fechou a sua apresentação com a música Jesus Cristo e, como sempre, distribuiu Rosas para os fãs, que se uniram na frente do palco para tentar pegar o agrado.


Repertório do Show

Emoções
Eu te amo, te amo, te amo
Além do Horizonte
Encostar na Tua (Participação de Ana Carolina)
Como vai Você (Participação de Ana Carolina)
Detalhes
Outra Vez
A mulher Que eu Amo
Quando eu Quero Falar com Deus (Participação de Daniel)
Estou Apaixonado (Daniel)
As Curvas da Estrada de Santos
Do Fundo do meu Coração
Proposta
Cama e Mesa (Participação de Dira Paes)
Você não Vale Nada (Calcinha Preta)
Eu Amo Demais (Participação de Calcinha Preta)
Pout Porri “50 Anos”:
- É Proibido Fumar
- Namoradinha de um Amigo Meu
- Quando
- E por Isso Estou Aqui
- Jovens Trades de Domingo
Como é Grande o Meu Amor por Você
É Preciso Saber Viver
Jesus Cristo

Fonte: Site dos Famosos_.

Panetone RC

Muita gente já achava que Roberto Carlos e Panetone eram sinomimos de Natal. Agora está confirmado!
Este Final de Ano promete ter um sabor especial na mesa dos Súditos do Rei.  Saiu a primeira fornada dos Panetones Nestlé em parceria com o Rei Roberto Carlos. Além da linda embalagem comemorativa aos cinquenta anos de música do rei, a Nestlé ainda promete uma super promoção para este final de ano!!! vamos aguardar..

Cantor Brasileiro que Mais Vendou Discos no Mundo

O RankBrasil criado em 1999, reconhecido nacional e internacionalmente, é referência para pesquisas de cunho educativo, informativo, cultural entre outros, sendo uma referência quando se trata da homologação de recordes brasileiros em diversas modalidades,  homologou o Rei da Música Brasileira, Roberto Carlos, pelo recorde de “Cantor Brasileiro que Mais Vendou Discos no Mundo”, com um total de 120 milhões de cópias, em 50 anos de carreira.


Roberto Carlos é o único artista latino-americano a superar a barreira dos 100 milhões de cópias vendidas (comprovadamente
120 milhões). Perto dele, na América latina, só a cubano-americana Gloria Estefan com pouco mais de 90 milhões. Roberto Carlos é ídolo em países como México, Chile e Argentina, além de  países europeus como Itália e Espanha.

Pra se ter uma ideia da grandeza dos números do Rei, fiz uma comparação com números de outros brasileiros:

1º Roberto Carlos      (+ 120 milhões de cópias)
2º Nelson Gonçalves  (+ 75 milhões
de cópias)
3º Rita Lee                 (+ 55 milhões de cópias)
4º Chitãozinho e Xororó (+35 milhões de cópias)
5º Xuxa                      (+30 milhões de cópias)
6º Maria Bethania      (+ 26 milões de cópias)
7º Amado Batista       (+ 24 milhões de cópias)
8º Iveta Sangalo        (+ 11 milhões de cópias)
9º Leonardo (solo)     (+10 Milhões de Cópias)

fontes:http://entrevendo.blogspot.com
e blog Elemento Crítico

Nota: Em 1999 Roberto Carlos havia alcançado a marca de 80 milhões de discos vendidos. Uma prova incontestável de sua aceitação popular.
De lá pra cá, mesmo com toda tecnologia favorável à pirataria que contribui para a crise das gravadoras com a queda da venda de cds, Roberto Carlos vendeu mais 40 milhões de discos, ou seja, na ultima década Roberto Carlos vendeu mais do que poucos outros artistas tenham vendido em toda sua carreira.  Indiscutivel... ele é mesmo o Rei!!!

As Rosas do Rei...

Na foto abaixo, eu seguro uma das lembranças mais disputadas de cada final de show do rei Roberto Carlos. Essa rosa da foto (variedade chamada Carola), me foi presenteada pela Rafaela Oliveira (porto Velho - RO), uma amiga da Faculdade, que teve teve o privilégio de assistir ao show histórico do Rei no Maracanã(11/07/09).


  Há 30 anos, Roberto oferece flores à platéia. Tudo começou com um cravo, que ele usava na lapela durante o show. Era 1978. "Um dia, ele viu uma pessoa conhecida e resolveu fazer uma gentileza, deu um beijo no cravo e jogou", lembra Neide de Paula, 75, sua maquiadora e responsável floral. "O público vibrou. Comentamos e ele disse "É uma pena que só tem um cravinho e tanta mão pra cima...". Então coloquei uma porção de cravos na estante de palco dele." "Boa idéia, Neide", agradeceu o rei. Mas, com o passar do tempo, o olhar severo da dona Neide constatou que os cravos não estavam com a bola toda. Eram difíceis de ser encontrados e, dependendo da época do ano, eram pequenos e feios. Assim, passou-se às rosas. O que deu o maior trabalhão. "O cravo, eu só tirava a folha e cortava um pedacinho do cabo pra ficar num tamanho bom. As rosas têm espinhos. É preciso usar um instrumento especial de alumínio que comprei na Venezuela." "E tem que ser um botão semi-aberto. Porque, se já estiver aberto, a flor voa pro lado, caem pétalas, dá tudo errado", ensina ela, mestra da aerodinâmica.
E assim a distribuição das rosas virou tradição em todos os shows no Brasil ou em qualquer país que o Rei se apresente. Uma marca registrada do romantismo do Rei e do carinho que ele tem com seu público.



Roberto Carlos fará show beneficente em Barretos

Roberto carlos em barretos - por Comunidade do Rei - porto velho -ro

Roberto Carlos deu uma boa notícia para as pessoas portadoras de câncer: ele acaba de incluir a Festa do Peão de Boiadeiro na agenda de sua turnê comemorativa de 50 anos de carreira. E, no dia 23 de agosto, às 21h, o Rei fará seu primeiro show na terra dos peões brasileiros, tudo para ajudar o Hospital de Câncer de Barretos.

Além de incluir a cidade na agenda de sua turnê comemorativa dos 50 anos de carreira, o Rei também pretende fazer uma visita à instituição.

De acordo com o site oficial de Roberto Carlos, o show exclusivo terá renda totalmente revertida para a instituição. O objetivo é ajudar pessoas atendidas pelo hospital, em especial as crianças, vindas de todos os estados do Brasil.

No dia 15 de maio ele se apresentará também no Jaguariuna Rodeo Festival.

São tantas emoções…

 

RC 50 Anos de música

Roberto Carlos anuncia que as comemorações de seus 50 anos de carreira, começa a partir da data de seu aniversário (68 anos), dia 19 de abril. Depois de 11 anos sem fazer shows no dia de seu aniversário e de 15 anos sem se apresentar na cidade onde nasceu, Roberto Carlos iniciará esta comemoração no Estádio do Sumaré em Cachoeiro do Itapemirim.

Eventos especiais - A homenagem do Itaúbrasil ao único artista latino-americano a vender mais discos que os Beatles e Elvis Presley (foram cerca de 100 milhões de cópias), incluirá também três shows especiais, todos com renda revertida para projetos sociais.
No dia 26 de maio, 14 grandes vozes femininas sobem ao palco do Theatro Municipal de São Paulo no espetáculo intitulado ‘Elas cantam Roberto Carlos’.
No dia 11 de agosto, o Ginásio do Ibirapuera reúne expoentes do rock brasileiro no show ‘Roberto Carlos Rock Symphony’.
E finalmente, em março de 2010, ‘Emoções Sertanejas’ leva para o Estádio do Pacaembu algumas das maiores duplas e artistas do gênero. Os três eventos contarão com a participação do próprio Roberto.

Mega Show no Maracanã

O show de Roberto Carlos no Maracanã será um dos pontos altos das comemorações dos 50 anos de carreira do cantor. Pela primeira vez no Maracanã, o Rei cantará sucessos que marcaram sua carreira durante todos esses 50 anos e para o público que não estiver presente poderá assistir o Show ao vivo pelo canal da TV Globo.

Show em São Paulo

Roberto Carlos fará show no Teatro Municipal, o rei dividirá o palco com “14 divas” da MPB: Maria Bethânia, Gal Costa, Marisa Monte, Ivete Sangalo, entre outras.

Exposição de Roberto Carlos na OCA em Sp

Os objetos pessoais e figurinos usados pelo cantor, e até um calhambeque azul estarão na mostra da capital paulista, em janeiro de 2010

Turnê Internacional

Roberto Carlos fará uma série de shows em outros países: Estados Unidos, México, Porto Rico e Argentina. E para encerrar as celebrações - 50 Anos de Roberto Carlos, após um ano, e com chave de ouro, exatamente dia 19 de abril de 2010, vai acontecer o Show no Radio City Music Hall de Nova York

A agenda completa  de Shows do Rei deve ser anunciada na semana que vem.

Roberto Carlos faz Show em Cachoeiro de Itapemirim - ES

Data: 19 de Abril _sábado
Local: Estádio do Sumaré

Mega Show de Roberto Carlos no Rio de Janeiro

Data: 11/07 _sábado
Local: Estádio do Maracanã

Confira a Programação das outras datas de shows da turnê de Roberto Carlos em 2009

Além das comemorações, o cantor promete para este ano um disco de inéditas.  

"Quero muito lançar esse ano. Já era para ter lançado
no ano retrasado e no ano passado. Tenho algumas
composições com o Erasmo já prontas. E, claro,
há músicas só minhas" - anunciou Roberto Carlos
Nos próximos meses, sai também um disco de duetos.

A equipe de Roberto contabilizou os números
da megaturnê, que é comparável à de artistas
como Madonna, U2 e Stones:


50 horas de vôo

35 horas de show

3 carretas de equipamentos percorrendo 42 mil quilômetros

70 toneladas de equipamentos

3.456 rosas vermenlhas serão distribuídas (12 dúzias por show)

864 rosas brancas serão distribuídas (3 dúzias por show)

150 empregos diretos criados por show


fontes: oglobo.com.br
robertocarlos.globo.com
proximoshow.com.br

Canções de Beatles e Roberto Carlos estão entre as 100 preferidas de músicos hispânicos

Quatro canções dos Beatles, uma da banda
The Beach Boys e uma do grupo The Smiths
encabeçaram a lista das 100 músicas
preferidas de cem músicoshispânicos,
divulgada pela publicação "El País Semanal".
"Ne me quitte pas" (Jacques Brel) é a número um
do ranking, que tem até um título de Roberto Carlos,
"Eu quero ter um milhão de amigos".
O Rei é o único brasileiro eleito pelos espanhóis.
Intitulada "Cem músicos hispânicos elegem as 100
canções que mudaram sua vida", a lista publicada
pela revista espanhola foi feita com base em
entrevistas com músicos pop.


Fonte: http://oglobo.globo.com
A Historia de um Rei - Parte 4

 

ANOS 90 – HOMENAGENS

Em 1991, Roberto comemorou seus 50 anos com um show beneficente para a obra de Irmã Dulce, no Ibirapuera (SP), com a presença dos principais artistas e personalidades brasileiras. A data mereceu também um Globo Repórter Especial, com os principais momentos da vida do cantor. Sua temporada no Canecão com o show “Coração”, foi um espetáculo inesquecível, onde o Rei revisitava todos os seus sucessos, desde a época da Jovem Guarda.

No 34º álbum, lançado em 1992, ele mantém a linha romântica e aposta no mix “urbano-sertanejo” com a regravação de “Dizem que um homem não deve chorar”, antigo sucesso do trio Los Panchos. O maior sucesso do disco acabou sendo “Mulher pequena”, homenageando as baixinhas. No ano seguinte, seria a vez das gordinhas, na canção “Coisa bonita”. O tradicional especial de Natal na TV Globo, que contou com a direção de Jorge Fernando e participação de Maria Bethânia, Chico Buarque e Leandro & Leonardo, entre outros, foi considerado pela crítica o melhor programa televisivo de final de ano.

As homenagens de Roberto em seus discos não param e o disco de 1994 trazia “O taxista” em meio a faixas românticas como “Quero lhe falar do meu amor”, enquanto o lançamento de 1995 elogiava o charme das mulheres de óculos em “O charme dos seus óculos”. Já no ano de 96, as felizardas são as mulheres maduras com a canção “Mulher de 40”. Destacamos ainda a regravação de “Como é grande o meu amor por você” e a mensagem “O Terço”.
Em 1997 Roberto, inovando completamente e quebrando a tradição, lança seu álbum anual no Brasil com músicas em espanhol, exceto “Coração de Jesus”, a mensagem religiosa do disco. A canção carro-chefe do CD, “Abrazame Asi” torna-se um grande sucesso e passa a fazer parte da trilha sonora da novela de Manoel Carlos “Por Amor”.
Em 1998 Roberto lança um CD com músicas gravadas em estúdio e durante um show ao vivo. O destaque deste CD é a música “Eu te amo tanto”, uma homenagem de Roberto Carlos à sua esposa Maria Rita.

Em 1999, Roberto lança “Mensagens”, um CD extra no início do ano contendo uma coletânea de composições inspiradas na fé da dupla Roberto e Erasmo Carlos. Estão ali, “Nossa Senhora”, “Jesus Cristo”, “Luz Divina” entre outras.

No final de 1999, é a vez do álbum duplo “Grandes sucessos “ contendo 30 músicas, de seu repertório, como: “Detalhes”, “Debaixo dos caracóis dos seus cabelos”, “Outra vez”, “Cavalgada”, “ Café da manhã”, “ O calhambeque”, “ Fera ferida”, “Proposta”, e a inédita “Todas as Nossas Senhoras”.
A cada ano, os súditos podem esperar novas surpresas de um Rei que nunca perdeu a majestade.

ANO 2000 - AMOR SEM LIMITE

No ano de 2000, Roberto Carlos lança “Amor Sem Limite” um CD onde o Artista expressa seu amor à esposa Maria Rita em forma de canção.

A faixa título “Amor Sem Limite” atingiu os primeiros lugares nas paradas de sucesso na mesma semana do lançamento em São Paulo e Rio de Janeiro estendendo-se por várias cidades do Brasil.
“O Grande Amor da Minha Vida”, “O Grude”, “Tudo”, “Momentos tão Bonitos”, “O Amor é Mais”, “Quando Digo que Te Amo”, e a mensagem “Tu és a Verdade, Jesus” são as novidades desse trabalho feito com muito amor e dedicação seguidos pelos sucessos “Mulher Pequena” e “Eu te Amo Tanto”

“O REI ESTÁ DE VOLTA, LONGA VIDA AO REI!”

“É interessante como, no Brasil, os reis conquistam sua majestade não por laços sangüíneos, formas instituídas de governo ou tradições seculares, e sim pela grandeza de seu talento e capacidade de emocionar a alma de seu povo. Foi assim com Roberto Carlos e continua sendo.
E o silêncio do rei se propagou pelos corações dos súditos, que também ficaram tristes e silenciosos.

Mas talvez por obra do silêncio e da tristeza de seus súditos, Roberto tenha percebido que ele precisava voltar a cantar e compor.

E assim, mais uma vez, Roberto reafirma a sua condição de soberano graças à força de sua obra musical.

O Rei está de volta, longa vida ao Rei!”
Tony Bellotto
Dezembro/00

Um sedutor em alto-mar

Roberto Carlos inicia as comemorações dos 50 anos de carreira em cruzeiro para 3.500 pessoas, joga charme para a plateia feminina e diz que não está namorando
Fonte: Revista Isto é
TEXTO ANA CAROLINA SOARES E THAÍS BOTELHO

FOTOS ANA CECILIA ACIOLI/AG. ISTOÉ"Vamos dividir a mesma casa. Vamos dividir o mesmo teto. Pelo menos, até a quarta-feira", disse Roberto Carlos, num sorriso maroto. Sua voz soa quente como uma cantada ao pé do ouvido. Mas suas palavras foram ditas em cima de um palco, num microfone, e endereçadas não apenas a uma mulher, mas a cada uma das aproximadamente 1.300 pessoas que lotavam o Teatro Urbino no sábado 7. Era o primeiro show dos quatro dias do cruzeiro Emoções em Alto-Mar, que percorreu o litoral do Rio e São Paulo. Ao ouvir as palavras de Roberto, as mulheres suspiravam, choravam e gritavam juras de amor, até mesmo quando acompanhadas por seus maridos. Eles, sem qualquer traço de ciúme, mostravam uma admiração mais discreta, mas também estavam emocionados em dividir o teto com o Rei.

A cantada coletiva demonstra o quanto Roberto Carlos Braga continua em forma. Em abril, ele completará 68 anos de vida e 50 de carreira. Em sua biografia, Roberto considera ter começado sua trajetória em 1959, quando tinha 17 anos, por ter sido a data em que ganhou seu primeiro salário como cantor, era crooner da boate carioca Plaza, em Copacabana. Lá ele cantava das 22h às 4h sucessos como "Rosa Morena" e muitos dos LPs de João Gilberto. Roberto também gostava de interpretar "My Funny Valentine" e hits de Chet Baker.

Sob o mesmo teto
O teto de Roberto Carlos é bem generoso: tem 15 andares, 272,2 metros de comprimento e 35,5 de largura. Com piscinas, bares, um teatro, um cassino, danceteria, spa, sala de ginástica, 11 salões, um freeshop, lojas e restaurantes, o navio Costa Magica, onde acontece o cruzeiro do cantor, parece um shopping center luxuoso de Las Vegas. Nesse paraíso em alto-mar, o Rei se hospedou na suíte 9206, no piso Giotto. Era uma cabine luxuosa - com 42 metros quadrados, varanda privativa, sala, closet - mas totalmente integrada às demais do navio. Como no total eram cerca de 3.500 passageiros - todos muito fãs do cantor - foi necessário manter o número da cabine em segredo. Em suas refeições, Roberto usufruiu de um serviço especial de mordomo. Sua dieta foi elaborada à base de peixes, já que ele não come carne vermelha. No sábado 7, saboreou um badejo grelhado e fez questão de elogiar a comida, agradecendo a quem lhe preparou a refeição. No domingo 8, Roberto degustou no café da manhã quatro ovos cozidos que foram comprados especialmente para ele, em Santos. No jantar, por volta das 23h30, pediu salmão grelhado, arroz e purê de batatas. Nos dois primeiros dias, Roberto também tomou sorvete, sua sobremesa favorita. Durante os dias em alto-mar, apenas uma exigência: alimentos sem sal.

A operação para o cantor se locomover pelo navio era outra curiosidade. Sua cabine ficava perto de um acesso restrito à tripulação e ele circulava pelos túneis e escadas labirínticas sempre que desejava chegar a determinado local. Para a alegria dos hóspedes, ele foi visto mais do que o esperado nas áreas comuns. Na tarde do domingo, assistiu ao show do humorista Tom Cavalcante. Só foi avistado pela maioria do público ao final do espetáculo. O navio ficou em alvoroço e uma senhora invadiu o palco para tirar uma foto do cantor na plateia. Simpático, o Rei levantou-se e fez pose para a câmera da fã. O assédio é grande, mas como a maioria das passageiras era formada por senhoras, os seguranças foram mais cuidadosos. Eles são apelidados de "seguranças do amor".

Os amores de Roberto
"Mar, amar, são praticamente a mesma palavra", disse o inspirado Roberto, durante seu show no sábado 7. Ao longo dos cinco anos do cruzeiro Emoções em Alto-Mar, que já reuniu aproximadamente 15 mil pessoas, o cantor se mostrou mais descontraído, mais leve no palco. Foi dele a ideia de um dos momentos mais vibrantes de seu espetáculo. Quando cantou "Champagne", ele quis que garçons distribuíssem à plateia flûtes para um brinde coletivo. Inicialmente, os produtores acharam a iniciativa arriscada, mas Roberto insistiu e o público foi ao delírio. Em outro momento, ao cantar "Mulher Pequena", ele dedilha os botões de sua camisa, com um close do gesto no telão. Talvez o Rei não tenha nem se dado conta, mas nesse momento os fãs perceberam que seus braços ganharam mais músculos e forma do que nos anos anteriores. "Tenho feito força", comentou. No final do espetáculo, Roberto se veste de capitão e faz a tradicional distribuição de rosas. Ele olha para quem o acena, leva a flor aos lábios e joga com cuidado. No fã-clube, há uma receita de quem pega a rosa e coloca na Bíblia nunca mais sofre dores de amores.

Aos poucos, a dor da perda de Maria Rita, há nove anos, parece estar sendo superada. Até os amigos percebem que ele está mais sorridente do que nas viagens anteriores. Fãs se perguntam se há uma nova musa inspiradora. Pessoas próximas, dizem em tom de brincadeira que não existe apenas uma, mas algumas. E que depois de anos sofrendo a perda de seu grande amor, o cantor tem se permitido redescobrir os prazeres das paixões. Ele, porém, nega. "Não, não estou namorando", esclarece o Rei na entrevista que deu a bordo na segunda-feira 9. No cruzeiro, ele cercou-se da família. Em especial, de sua mãe, musa e grande incentivadora na carreira, Lady Laura. Estavam com ele também seus três irmãos, Lauro, Carlos Alberto e Norma, e os filhos, Ana Paula e Rafael. Sem namorada, mas nem por isso está amando menos. "Gosto de cantar o amor. Estou amando sempre. Continuo romântico e o amor faz parte da minha vida", disse. Roberto chegou a ficar enrubescido e levou as mãos ao rosto antes de responder se ele "fica", assim como os adolecentes, que beijam sem o compromisso do namoro. "Eu vivo de acordo com a época, com os dias de hoje. E faço o que é bom. Todo o mundo tem direito de ser feliz, é uma coisa normal", contou, aos risos. Ele disse também que se apaixonaria por uma mulher bem mais jovem, na faixa dos 20 anos. "A idade nao tem nada a ver com o amor. O amor não se prende à idade, o coração não tem idade."

Malhação
A vaidade do Rei foi outro tema recorrente na entrevista. O cantor assumiu que fez cirurgia plástica no pescoço no ano passado, mas nunca mexeu no rosto. "Acho que tudo o que a gente pode fazer para melhorar a aparência, vale à pena. O importante é sentir-se bem. Procuro estar bem fisicamente e mentalmente e malho sempre que posso", conta. Para Roberto exercício é assunto sério. Ele até pediu aparelhos de ginástica para seu quarto no navio. "Acho que é sempre muito bom poder tirar a camisa de luz acesa na frente do espelho", diverte-se. O cantor confessa não lidar bem com o envelhecimento. "Tenho pânico da velhice. Faço tudo para evitar ou retardar a chegada dela."

50 anos de música
Para celebrar as cinco décadas de sucesso de um dos maiores cantores da América Latina, várias festas estão sendo preparadas. No domingo 8, foi anunciado um show no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, ainda sem data marcada. Roberto ainda vai lançar um golden book, espécie de livro numerado, deve fazer um musical de Charles Möeller e Claudio Botelho e programa para ainda este ano o lançamento de um disco de músicas inéditas que está preparando desde 2008 com Erasmo Carlos. Na Rede Globo, os 50 anos da carreira de Roberto serão tratados como um evento do porte da Olimpíada. Nos bastidores, há notícias de que haverá um especial próximo de 19 de abril, quando Roberto faz aniversário. Para isso, está sendo planejado um show em que o Rei faria duetos com grandes cantoras da MPB, interpretando alguns de seus maiores sucessos. Outro projeto em vista é uma exposição sobre sua vida e obra na Oca, em São Paulo. As comemorações vão se estender até o ano que vem e dois cruzeiros para 2010 já estão programados. Para encerrar, uma biografia oficial também deverá chegar aos fãs até o próximo ano. Sorridente e de bem com a vida, o Rei parece mesmo querer seguir navegando por um oceano de emoções durante muitos anos.


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
    Visitante número: